Página Inicial

Mas o que acontece com as células durante o envelhecimento?

envelhecimento-celular

Envelhecimento Celular: um processo natural

O nosso corpo é formato por trilhões de células e o conjunto delas formam os tecidos que apresentam funções diferentes em cada sistema do nosso corpo.

Com o passar dos anos, nossas células podem sofrer alterações que prejudicam o seu funcionamento adequado.

O processo de envelhecimento é marcado pelo aumento do estresse oxidativo celular, causado pelos radicais livres em excesso (moléculas tóxicas ao nosso organismo).

Os radicais livres em excesso podem resultar em:

Falta de energia

Redução de atividade

Perda de funcionalidade

Nosso organismo produz, durante toda a vida, os antioxidantes, substâncias capazes de neutralizar os radicais livres e seus efeitos danosos. Por outro lado, quando estamos expostos a situações como estresse, alimentação desequilibrada, uso de múltiplos medicamentos, tabagismo e processos inflamatórios, temos um aumento da presença de radicais livres, acelerando o processo de envelhecimento celular.

O excesso de radicais livres também pode estar relacionado à redução da produção do antioxidante intracelular mais importante: A Glutationa.

Quando esse antioxidante está reduzido, as células podem ficar menos protegidas e o processo de envelhecimento pode estar acelerado.

Outras condições que podem acelerar o processo de estresse oxidativo e redução dos níves de Glutationa: 5-13

Diabetes

Hipertensão

HIV

Doença de Alzheimer

Uso de múltipos medicamentos

A Glutationa é um antioxidante produzido naturalmente pelas nossas células. Em algumas condições, sua produção está reduzida e isso pode estar diretamente relacionado a deficiência de aminoácidos que compõem a Gluatationa, como a Glicina e Cisteina.

O consumo desses aminoácidos em quantidades adequadas pode ajudar a restaurar os níveis de Glutationa e reforçar a proteção celular contra os danos do envelhecimento, de dentro para fora.

Além do sistema antioxidante natural do organismo, podemos auxiliar na proteção celular através do consumo de Nutrientes que têm efeitos antioxidantes, como por exemplo os carotenoides presentes nas frutas e hortaliças de cor laranja, vermelho e verde escuro (mamão, manga, abóbora, cenoura, tomate e folhas verdes escuras), a vitamina C (frutas cítricas) e o selênio (Castanha do Brasil).

Desta forma, para auxiliar no controle dos níveis de radicais livres e promover um envelhecimento saudável, recomenda-se manter uma alimentação equilibrada, rica em frutas e verduras, e uma prática regular de exercícios físicos.

Referências:

1 - BARROS, C. R.; CATANIA, A. S.; FERREIRA, S. R. G. Vitaminas e minerais com propriedades antioxidantes e risco cardiometabólico: controvérsias e perspectivas. Arquivo Brasileiro de Endocrinologia Metabólica, São Paulo, v. 53, n. 5, p.550-559, jun. 2009.

2 - BUSNELLO, F. M.. Aspectos Nutricionais no Processo do Envelhecimento. São Paulo: Atheneu, 2007.

3 - COZZOLINO, S. M. F.; COMINETTI, C. Bases bioquimicas e fisiologicas da nutrição nas diferentes fases da vida, na saúde e na doença. São Paulo: Manole, 2013.

4 - DRAUZIO, Varella. Deficiência de B12. Disponível em: https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/artigos/deficiencia-de-b12/. Acesso em: 30 de julho de 2019.

5 - ESKINAZI, F. M. V. et al. Envelhecimento e a Epidemia da Obesidade. Unopar Científica Ciências Biológicas e da Saúde, Pernambuco, v. 1, n. 13, p.295-298, fev. 2011.

6 - INTERNATIONAL LIFE SCIENCES INSTITUTE. Aminoácidos. Disponível em: http://ilsibrasil.org/wp-content/uploads/sites/9/2016/08/Aminoacidos_vers%C3%A3o-online.pdf. Acesso em: 31 de julho de 2019.

7 - PETRY, E. R et al . Suplementações nutricionais e estresse oxidativo: implicações na atividade física e do esporte. Rev Bras. Cien, Florianópolis, v.35, n. 4, p.1071- 1092, dez de 2013.

8 - PORFÍRIO, Elisângela; FANARO, Gustavo Bernardes. Suplementação com colágeno como terapia complementar na prevenção e tratamento de osteoporose e osteoartrite: uma revisão sistemática. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol, Rio de Janeiro, p.153-163, 2016.

9 - SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Envelhecimento. Disponível em: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/envelhecimento/4/. Acesso em: 30 de julho de 2019.

10 - STONOGA, E. T. S. et al. Efeitos da glutamina intraperitoneal no tratamento de sepse experimental. Arq Bras Cir, Paraná, v.32, n.2, p. 1-4, jan de 2019.

11 - SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA: Envelhecimento. Disponível em: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/envelhecimento/4/ BARBON, F. J; WIETHÖLTER, P; FLORES, R. A: Alterações Celulares no Envelhecimento Humano. DOI: 10.18256/2238-510X/j.oralinvestigations.v5n1p61-65

Gostou das dicas? Descubra outros artigos de Celltrient. Para acessar, clique aqui.

Veja também